• novcaminhos

Desfralde: 5 coisas que você NÃO deve fazer


O desfralde é um processo que requer muita paciência e cumplicidade. Nem sempre é simples saber o tempo ideal para tirar as fraldas da criança, mas os especialistas são unânimes ao apontar alguns comportamentos que devem ser evitados para não atrasar o processo ou pior, traumatizar a criança.

O que não fazer durante o desfralde?

1 - Iniciar muito cedo

Esteja atento aos sinais que a criança emite,porque não existe uma idade específica para o desfralde. A partir de 1 ano e meio, a criança já pode conseguir controlar o esfíncter anal (estrutura que regula o grau de amplitude do orifício).

Mas, no início, essa capacidade se resume à retenção. É mais tarde que entra o domínio de liberar, ou seja, sentar no vaso sanitário e fazer xixi na hora que desejar. Cada criança é única, por isso não se apresse.

O ideal é esperar a criança demonstrar incômodo com a fralda suja, avise que está fazendo xixi e cocô e desenvolva uma consciência corporal para alertar sobre dores e outras sensações. Antecipar o momento certo para o desfralde pode causar frustração na criança. Se você perceber que o processo não está dando certo, não tenha receio de parar e tente novamente após dois ou três meses.

2 - Criticar e castigar a criança

Durante o desfralde, os escapes são normais. O estrago pode ser grande, sujando o colchão ou o sofá. Mas é preciso manter a calma e jamais castigar a criança. Repreensões podem trazer insegurança e fazer com que todo o processo fique mais tenso do que precisa.

Há crianças que desenvolvem prisão de ventre por causa disso. O desfralde precisa ser lúdico e natural. Você precisa ser compreensivo e dar força à criança. Quando ela conseguir fazer xixi ou cocô no lugar certo, fora da fralda, dê parabéns e comemore!

3 - Comparar com os irmãos e/ou primos

Jamais comece o desfralde porque o caçula atingiu a idade que o mais velho começou. E nunca cite situações que irmãos ou primos passaram como forma de “incentivo”. Essa pressão psicológica só trará insegurança e sentimento de frustração para o seu filho.

4 - Forçar o desfralde

Se a criança começou a demonstrar interesse em abandonar a fralda, maravilha! Mas não faça pressão. Segure a ansiedade, senão a criança pode se sentir aflita e assustada.

Você pode incentivar com histórias, idas ao banheiro, cuecas e calcinhas novas. Mas nunca obrigue se ela não quiser.

5 - Acomodar-se

Como o desfralde exige paciência e um pouco de esforço de toda a família, pode acontecer dos pais adiarem muito o processo. Isso é tão prejudicial quanto fazer muito cedo. Se o seu filho já está dando sinais de que está pronto, não hesite em introduzir os novos hábitos.

#desfralde #fralda #bebê

  • Branca Ícone Instagram

Contato

Telefone:

(13) 3251.5174

E-mail:

caminhos@escolanovoscaminhos.com.br

Localização:

Av. Senador Pinheiro Machado, 495 - Santos/SP.