• novcaminhos

5 dicas eficazes para combater a obesidade infantil


De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é uma epidemia mundial. Adultos obesos são portadores de doenças sérias, como diabetes e hipertensão, sem contar as complicações cardiovasculares. Esse quadro, estimulado por péssimos hábitos alimentares e sedentarismo, é preocupante, principalmente quando pensamos em seus efeitos nas crianças. A obesidade infantil precisa ser combatida!

Para isso é preciso ter em mente que hambúrgueres, cachorro-quente, batata frita, refrigerantes e doces não devem fazer parte da rotina diária de uma criança! E bons hábitos são cultivados desde a primeira infância. Confira algumas dicas para combater a obesidade infantil:

1 - Diminua o tempo com eletrônicos

Atualmente, um dos principais passatempos de crianças e adolescentes é passar horas em jogos, redes sociais e aplicativos em smartphones, tablets e computadores. O hábito é extremamente nocivo para a saúde e fator predominante para a falta de interesse em atividades físicas, como esportes e brincadeiras ao ar livre. É papel dos pais estipularem limites e incentivarem a prática de exercícios entre crianças e adolescentes.

2 - Alimentação saudável, desde sempre

Não adianta querer que a criança não engorde, se a geladeira está repleta de gordura e guloseimas. E toda a família deve dar o exemplo, priorizando o consumo de proteínas magras, carboidratos integrais, cereais, legumes, verduras e frutas. Com essa base em casa, desde cedo, dificilmente as crianças terão dificuldades em manter uma alimentação saudável na adolescência e fase adulta.

Outra dica - especialmente para as mamães de bebês e crianças de até 3 anos - é deixar que a criança lide com a própria saciedade. Se ela não quer comer toda a comida que está no prato, não force e não tente substituir a refeição por algo que ela goste, como biscoitos. Muitos especialistas defendem que essas atitudes estimulam a gula e compulsão mais tarde.

3 - Não usar comida como recompensa!

Essa é difícil, mas é importante que os pais entendam que as crianças devem desenvolver uma relação saudável com a comida. Os alimentos estão aí para nos nutrir e devem ser tratados desta forma. Alimentar-se bem é um hábito e não deve ser visto como uma meta, que exige um prêmio. Então nada de oferecer doces ou fast food se a criança comeu a salada, ou algo do tipo. Essa atitude hoje poderá ter consequências devastadoras mais pra frente!

4 - Mantenha uma rotina regrada

Manter uma rotina organizada, com as seis refeições (café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia), sempre no mesmo horário, é uma alternativa para garantir que as crianças não tenham fome fora de hora e devorem guloseimas.

5 - Dê o exemplo

E de nada adianta tanto esforço, se os pais não derem o exemplo! Toda a família deve mudar os hábitos para que a criança siga um novo estilo de vida. Mude a lista de compras e inclua atividades físicas em conjunto e os resultados vão aparecer mais rápido, de forma duradoura.

#alimentação #obesidade #infantil

  • Branca Ícone Instagram

Contato

Telefone:

(13) 3251.5174

E-mail:

caminhos@escolanovoscaminhos.com.br

Localização:

Av. Senador Pinheiro Machado, 495 - Santos/SP.