• novcaminhos

Saiba como identificar e lidar com a hiperatividade infantil


Você, provavelmente, já ouviu falar sobre a hiperatividade infantil. Mesmo assim, será que conhece a explicação por trás dessa condição? As crianças com essa realidade são mais agitadas do que as demais que tenham a mesma idade. Elas costumam apresentar dificuldades para terminar atividades, se concentrar e realizar tarefas em casa ou na escola.

Ainda que não se tenha certeza quanto às causas, análises informam a possível influência de elementos internos ou externos, como alterações no metabolismo e nos hormônios, crises na família, complicações no parto e luto. A condição, costumeiramente, começa a ser notada no processo de alfabetização. Isso porque, nesse momento, é mais fácil perceber se existe uma dificuldade na concentração.

Identificação

Antes de tudo, é importante lembrar que as crianças já são mais agitadas do que os adultos. Sendo assim, é necessário ter cuidado para não confundir uma animação comum da idade com a hiperatividade.

A dificuldade de manter a atenção no que está fazendo, mudando de uma tarefa para a outra, é um dos sinais dessa condição. Os professores podem ajudar os pais a compreenderem como é a postura da criança na escola. Ainda assim, o profissional mais indicado para realizar esse diagnóstico é o psicólogo.

Tenha em mente que a hiperatividade infantil pode ser contornada. Para isso, a criança precisa do seu apoio e sentir que você compreende as necessidades dela.

Lidando com a Hiperatividade

Surpreendendo cada vez mais os adultos, as crianças são espertas e entendem o que está acontecendo ao seu redor. Sendo assim, não tenha dúvidas que os pequenos sentem a sua própria dificuldade. Ou seja, eles notam a reação das pessoas por conta desse comportamento.

É extremamente importante, então, estar ao lado da criança. Assim, ela saberá que está sendo entendido e cuidado. Para isso, existem alguns processos que podem auxiliar a família. As aulas de música têm a capacidade de aprimorar a disciplina. O incentivo à leitura pode ser um caminho para uma melhoria no foco e na atenção.

As técnicas de relaxamento, bem como definir uma rotina, também podem ser utilizadas como uma maneira de controlar a agitação. Se você ainda não tem um cachorro em casa, essa pode ser uma novidade que ajudará a criança. Afinal, esse contato diminui a ansiedade e o estresse.

Direcionar a hiperatividade para a realização de brincadeiras criativas, estimulando a imaginação, é uma opção. Assim, a criança poderá se concentrar em uma atividade que a envolva completamente.

Hiperatividade X Déficit de Atenção

Para você, essas duas condições são a mesma coisa? Ainda que muitas pessoas se confundam com esses termos, é importante dizer que eles são totalmente diferentes.

É possível que a hiperatividade seja um sintoma do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). No entanto, isso não quer dizer que se a criança tem hiperatividade, consequentemente, terá o TDAH ou, também, o déficit de atenção.

#hiperatividadeinfantil #alfabetização #identificar #lidarcomhiperatividade

  • Branca Ícone Instagram

Contato

Telefone:

(13) 3251.5174

E-mail:

caminhos@escolanovoscaminhos.com.br

Localização:

Av. Senador Pinheiro Machado, 495 - Santos/SP.