• novcaminhos

Crianças no YouTube: Pais devem ficar atento ao conteúdo assistido


Nascer na era digital já é sinônimo de entender como usar celulares e tablets antes mesmo de aprender a ler e escrever. É cada vez mais comum encontrarmos crianças altamente conectadas, algumas até com canais no YouTube.

A pesquisa TIC Kids Online Brasil estimou que, em 2017, 85% da população entre 9 e 17 era usuária de internet no Brasil. O estudo também mostrou que o uso de celular entre crianças passou de 53% para 93% em cinco anos. Nesse cenário, os vídeos ganham um lugar especial.

Não é a toa que muitos pais travam uma guerra diária em casa para coibir o uso do YouTube por crianças, com medo das consequências desse acesso crescente ainda na infância. Afinal, o conteúdo assistido vai muito mais além do que inocentes desenhos. Tudo o que se pode imaginar encontra na plataforma um local atraente para fisgar olhinhos curiosos e antenados.

Audiência grande entre crianças

Pesquisas mostram que dos 100 canais de maior audiência do Brasil, 48 eram voltados a crianças. Além de desenhos, histórias e músicas infantis, vídeos de unboxing, que mostram as pessoas recebendo e abrindo produtos, principalmente brinquedos, estão entre os favoritos.

Há também muitas gincanas, desafios de slime, vídeos que mostram jogos eletrônicos; bastidores e rotinas da vida de crianças que têm seu próprio canal e até histórias e músicas usando brinquedos.

Excesso de horas é o fator mais prejudicial

Um dos principais problemas está no excesso de tempo que a criança passa diante das telas. Isso mostra que o que era apenas um recurso de entretenimento passou a ser uma obsessão e gerou dependência na criança e/ou adolescente.

E nem precisa dizer que esse quadro começa, muitas vezes, com os próprios pais? Além de passarem horas mexendo no celular, muitas famílias se acostumaram a mostrar vídeos para as crianças desde bebê.

Como mudar esse quadro?

O primeiro passo é dar o exemplo e se policiar com o uso na frente dos pequenos. Também é importante manter um canal de diálogo aberto para alertar as crianças de conteúdos impróprios e ações de pessoas mal intencionadas.

Também é interessante conversar sobre o cyberbullying, preparando as crianças para situações que possam surgir e mostrar que os pais estão prontos para auxiliá-lo no que for necessário.

Youtube Kids é uma alternativa

A versão Kids do YouTube foi desenvolvida pela empresa e está disponível para celulares. Ela usa filtros, comentários de usuários e revisores humanos para selecionar conteúdo apropriado para esse público.

Além disso, a versão permite que os responsáveis aprovem manualmente os canais e vídeos que as crianças podem acessar. Também é possível bloquear conteúdos, controlar as pesquisas, acessar histórico de visualizações e colocar temporizador para definir um tempo de uso.

Mas, lembre-se! Nenhuma tecnologia está imune a erros, por isso o monitoramento dos pais sempre se faz necessário.

#youtubekids #cuidadoyoutube #canais #ficaratento

  • Branca Ícone Instagram

Contato

Telefone:

(13) 3251.5174

E-mail:

caminhos@escolanovoscaminhos.com.br

Localização:

Av. Senador Pinheiro Machado, 495 - Santos/SP.